O que é design thinking e qual sua importância para as empresas?

      Por Grupo Kronberg - (0) Comentários Em 21-11-2017
      Desenvolvimento profissional

    O design thinking é uma abordagem empresarial baseada na forma de atuação dos designers. Devido à flexibilidade desses profissionais, que possuem grandes exigências por resultados, prazos curtos e desenvolvimento multidisciplinar de soluções, empresários identificaram nesse tipo de posicionamento profissional uma oportunidade para colaboradores de diferentes áreas.

    Design Thinking

    A ideia é que o design não atenda apenas demandas estéticas, mas também haja uma preocupação com a funcionalidade e aplicabilidade de uma invenção no âmbito social, de forma que ela resulte em uma inovação. Apenas a novidade, mas sem raízes com necessidades reais, não é capaz de gerar um produto ou solução inovadora.

    Assim, o design thinking consiste em uma abordagem pela qual se busca solucionar problemas de maneira colaborativa e integrada, partindo do sentimento de empatia desenvolvido nas equipes. O objetivo é que as pessoas sejam o centro do desenvolvimento da solução ou produto.

    Com essa abordagem empresarial espera-se que a riqueza e diversidade de experiências e conhecimentos entre os colaboradores tornem possível o desenvolvimento de soluções que levem em consideração uma visão mais ampla dos problemas, desafios e barreiras, pensando não apenas no consumidor final, mas também em todas as pessoas envolvidas nos processos.

    Com uma percepção mais apurada sobre todas as pessoas é possível atendê-las com mais satisfação, compreendendo as demandas e anseios.

    Qual a importância do design thinking para as empresas?

    A abordagem envolve a capacidade da companhia de inovar e tornar as práticas executadas mais completas e eficientes, pois considera fatores internos e externos que muitas vezes não são atendidos em soluções simplificadas.

    Conheça alguns benefícios relacionados com a aplicação de um modelo de design thinking para empresas.

    Oportunidade de inovação

    A área de inovação de um negócio muitas vezes não é capaz de suprir as demandas do mercado, tornando a companhia obsoleta e atrasada competitivamente. Isso ocorre normalmente pela falta de processos eficientes, equipe desqualificada, concentração da responsabilidade de inovar, entre outros fatores.

    Quando o design thinking é aplicado na empresa, todos os setores tornam-se responsáveis e fontes de idéias para aprimoramento. Com isso, as oportunidades de inovação tornam-se muito mais amplas, além de garantir a eficiência da solução não apenas para uma área, pois os colaboradores devem contribuir para um produto final eficaz.

    Isso inclui a possibilidade de desenvolvimento de processos que agreguem mais à produtividade do negócio, pois reúnem-se experiências e desafios de diferentes setores da empresa.

    Aplicabilidade da solução       

    Quando os profissionais das áreas operacionais podem contribuir para o desenvolvimento de produtos, serviços e processos, eles podem apresentar perspectivas da solução que muitas vezes não são consideradas pelos níveis mais estratégicos.

    Dessa forma, o produto final ganha um elemento importante no processo de inovação, a aplicabilidade para todas as áreas e relevância para elas.

    Desenvolvimento colaborativo

    Outro benefício proporcionado pelo design thinking em um negócio diz respeito a maior colaboração entre profissionais. As bases da abordagem são a empatia e a experimentação, de forma que introduzir esses valores no cotidiano corporativo torna a cooperação entre áreas e equipes mais frutífera.

    O design thinking, portanto, pode trazer benefícios reais para o negócio, melhorando a capacidade de inovação e a implementação de processos e soluções mais eficientes, pois passam por um processo colaborativo de planejamento, desenvolvimento e execução.






Assine nossa newsletter e não perca nossas novidades!